Ser influenciador digital: um mundo de dificuldades e conquistas

Theus Alves conta os segredos para fazer sucesso na internet, além de comentar os prós e contras do trabalho de influenciador digital

O ator e influenciador digital Theus Alves tem 24 anos, mas olhar profissional de “gente grande”.

Com seu canal no YouTube e o Instagram viu a possibilidade de fazer dos seus hobbies um meio de trabalho, então, não poupou esforços para aprender tudo o que podia e deixar suas redes sociais diferenciadas.

O humor nos vídeos é a sua marca registrada, sempre com histórias que buscam arrancar risadas de quem assiste.

Porém, ser influenciador não é uma tarefa fácil como muitos pensam. Muito menos apenas viver em festas ou ganhar presentes todos os dias.

“Sou uma pessoa muito comunicativa, gosto de estar sempre ensinando as pessoas a fazerem alguma coisa e hoje em dia vejo que as pessoas estão bem carentes de amizades, de família, de relacionamentos. Então, gosto de levar alegria para as pessoas e mostrar para elas o sentido da vida. E vi nas redes sociais o meio de fazer isso”, conta.

Para ele, a parte positiva de ser influenciador é conhecer pessoas maravilhosas, de diversos lugares, assim como levar sua ideia para várias pessoas. Até por isso ele sempre tenta passar mensagens de alegria, amor e positividade, mesmo que por meio do humor.

“Mas também há dificuldades e dentre eles estão os ataques de haters, ou seja, de pessoas que não se identificam com seu conteúdo e te criticam sem pensar se vai magoar ou não”, pontua.

SEGREDOS PARA SER UM INFLUENCIADOR DIGITAL DE SUCESSO

Theus acredita que o conteúdo interessante e bem alegre é o grande trunfo para que um vídeo tenha muitas visualizações.

Porém, nem sempre apenas o que é dito é levado em conta, já que o ambiente também conta muito da composição geral.

“Claro que tem que haver uma boa iluminação, um bom som e um tema com o qual as pessoas se identifiquem. Aí sim será sucesso”, ressalta.

No Instagram ele aponta outros cuidados para quem quer muitos likes.

“As imagens são de acordo com o perfil que cada um quer propor, mas eu, por exemplo, uso legendas interativas e isso faz com que as pessoas que me acompanham fiquem mais próximas de mim. E procuro estar sempre ativo, o que ajuda bastante”.

A inspiração é outro ponto chave, afinal, não é todo dia que acordamos cheios de ideias ou com humor para fazer um vídeo alto astral. Então, vale recorrer às pessoas ou situações que marcaram em algum ponto.

“Eu sempre busco me espelhar na cantora Iza, que é negra e nasceu pobre, mas conseguiu crescer e hoje é um dos maiores nomes da música brasileira. E também nas minhas experiências, que de tristeza até alegrias sempre tiro histórias para contar”, revela.

Por fim, ele lembra que a persistência é essencial para quem quer seguir essa carreira.

“Ter o seu devido reconhecimento hoje em dia é uma grande dificuldade, digamos que um grande preconceito ainda. Principalmente por ‘sermos da internet’ e por termos. opiniões sobre tudo. Mas quando a gente acredita que irá chegar lá, já é mais do que metade do caminho andado”.

Serviço:

Theus Alves – www.instagram.com/teteus_alves

Por Priscilla Silvetre

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *