Águas Lindas de Goiás tem Estação de Tratamento de Esgoto com capacidade para tratar 300 litros por segundo

A estação é uma das mais modernas do país e faz com que o esgoto tratado retorne com 95% de pureza para a natureza

A primeira Estação de Tratamento de Esgotos de Águas Lindas inaugurada em julho de 2017, trouxe muitos benefícios, entre eles a preservação da qualidade da Bacia do Rio Descoberto, responsável pelo abastecimento de 65% da população do Distrito Federal. A unidade é operada pela Companhia de Saneamento Ambiental do DF (CAESB) e em parceria com a empresa de Saneamento de Goiás S.A (Saneago).

A área, de aproximadamente 25 hectares, está às margens da pista que liga Águas Lindas de Goiás a Brazlândia e a cerca de 3 quilômetros da área urbana. Além de melhorar as condições sanitárias da cidade, garantindo a qualidade das bacias hidrográficas presentes na cidade. A obra de tratamento e de coleta de esgoto é de grande magnitude, futuramente objetivo e atender cerca de 90% da população local – atualmente a obra pode ser considerada uma das maiores do setor no país.

A ETE atende hoje, 80% da população de Águas Lindas e opera com 50% da sua capacidade total. A estação conta com um sistema de tratamento com capacidade de atender até 500 mil habitantes. Tratando o esgoto com remoções superiores a 90% da matéria orgânica e com uma vazão de 305 l/s, chegando ao final a 600 l/s. Possuindo como um grande diferencial que depois de tratado o esgoto retorna para a natureza com 95% de pureza sendo dispensado no córrego Paulistinha. Isso fez que o município saísse de 0% de esgoto tratado para quase 90%, um grande salto no desenvolvimento da cidade.

Para que a ETE trabalhe em sua capacidade total, a Prefeitura de Águas Lindas por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos está investindo cada vez mais na ampliação da rede de esgoto do município. Somente nesta gestão foram promovidos vários serviços de infraestruturas nos bairros Jardim Barragem I, II e III; Jardim Brasília II, Condomínio Embaixador, Jardim América, Mansões Village e Mansões Pôr do Sol e dentre outros bairros. Graças ao empenho dedicado na capacitação de recursos junto aos órgãos federais e estaduais foi possível alavancar a implantação do sistema de esgotamento sanitário, desencadeando um avanço na infraestrutura do município.

As obras de acordo com o prefeito Hildo do Candango é para melhorar e muito a qualidade de vida da população que há tanto tempo sofre com a falta de infraestrutura. “Nós buscamos recursos para realizar essas obras, e não foi nada fácil, porque nós queríamos que fossem obras completas. Não queríamos apenas o asfalto, por isso estamos construindo aqui galerias de águas pluviais e de esgotamento sanitário e muito mais”, completou o prefeito.

Com Informações de Notícias Águas Lindas de Goiás

 

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *