Goiás: Fiscalização aumenta na região do Vale do Araguaia

Fiscais  da  Secretaria  das  Cidades e  Meio Ambiente (Secima), apreenderam  nos rios (Araguaia, Tesoura e Crixás) e lagos localizados nos municípios de  Nova  Crixás e  Mozarlândia,  70 quilos de pescados e  grande  quantidade  de  material predatório como  redes, tarrafas e  espinheis.

1358db33-e742-4dcb-ba57-e7f817bf98de

Os  fiscais estão  de  olho em pescados transportados irregularmente contrariando a  Lei da  Cota  Zero, material predatório e  licença de  pesca.

ea1acfbf-0842-414f-b5b7-a4048e6d42dc

 Cota Zero:  Uma   instrução normativa, assinada no mês de  abril, pelo secretário das Cidades e  Meio Ambiente (Secima), Vilmar  Rocha,   prorrogou por mais três anos a Lei da Cota Zero, proibindo o transporte de peixes no Estado de Goiás.

A fiscalização ambiental está sendo feita de forma constante nos cinco postos de fiscalização no Vale do Araguaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *