Goiás: Secima promove Circuito Tela Verde no FICA 2016

Em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, a Secima está exibindo filmes do Circuito Tela Verde para estudantes do Ensino Fundamental de escolas da Cidade de Goiás. A mostra faz parte da programação do Espaço Secima no XVIII Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), localizado no Quartel do XX.

Os curta-metragens exibidos (“Rodeio: de que lado você está?’’, “Naturalmente ambiental’’, “Espelho d’Água” e “Você conhece o cerrado?”) fazem parte de uma seleção nacional de vídeos ambientais. Até o fim da tarde desta quinta-feira, mais de 240 estudantes das escolas Lyceu de Goyaz, CPMG João Augusto Perillo e Colégio Alternativo Coopercigo terão passado pelo Espaço Secima e participado da mostra Circuito Tela Verde.

De acordo com o jornalista Brenno Sarques, organizador da mostra do Circuito Tela Verde em Goiás, este é o 4ª ano que Secretaria realiza a mostra durante o Fica. “O objetivo da Secima ao exibir filmes ambientais de diferentes regiões do Brasil é propiciar que os adolescentes façam uma relação entre o que eles assistiram à realidade ambiental do local em que vivem”, afirma.

Conscientização

Antônio Veríssimo, indígena do Povo Apinajé, do extremo norte do Tocantins, assistiu aos filmes e declarou com tristeza, ao final da exibição, que quando ele esteve em Goiás, há mais de dez anos, o Rio Vermelho parecia mais cheio e mais limpo. Disse também que hoje viu na cidade uma grande quantidade de lixos e materiais recicláveis descartados de maneira indevida. “Nós não podemos esperar que o poder público limpe a sujeira. Nós consumidores precisamos reduzir o consumo e descartar com mais responsabilidade. Precisamos repensar nossas atitudes em relação ao meio ambiente”, ponderou.

O professor do CPMG fez estabeleceu, durante as discussões, uma relação entre os filmes exibidos e a crise hídrica enfrentada na região. “Nós estamos passando por dificuldades que são consequências das atitudes dos nossos antepassados. Por isso, precisamos repensar nossas atitudes e melhorar nossa conduta, porque o resultado da irresponsabilidade vem em longo prazo”, advertiu.

A estudante Vitória, do 7º ano do CPMG, relatou que todos os curta-metragens que assistiu na mostra contribuíram para que ela melhorasse sua opinião quanto ao meio ambiente. “Os filmes deram uma base sobre o crescimento das cidades, os maus tratos aos animais e sobre o que é amar o meio ambiente e respeitar a vida. Eu gostei muito”, afirmou.

Programação

Nesta sexta-feira, o Espaço Secima apresenta o filme Transgenic Wars (França – 2015 –Direção: Paul Moreira), que trata sobre o uso de alimentos geneticamente modificados e suas consequências para os animais e o ser humano. A exibição será seguida de um debate sobre agricultura sustentável. E também apresenta o filme Lobo Solitário (Brasil – 2015 – Direção: Ranulfo Borges) que aborda o grave problema socioambiental dos resíduos sólidos e o papel do catador, assunto que tem sido amplamente discutido no estado de Goiás, com a implantação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos. A exibição será acompanhada de um debate sobre o tema, com a jornalista Jessika Morais.

Fotografia

A exposição fotográfica colaborativa “Olhares do Fica 2016” já acontecendo. Pelo segundo ano, o objetivo é criar uma exposição fotográfica coletiva, onde qualquer pessoa que esteja na cidade de Goiás pode publicar suas fotos nas redes sociais com a hashtag #olharesdofica2016 e compor a exposição. As fotos serão impressas e expostas no Quartel do XX, na Praça do Chafariz, na cidade de Goiás. No fim, os autores podem levar as fotos pra casa como lembrança do festival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *