Goiás: VILMAR ROCHA CUMPRE AGENDA NO FICA

O secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos, Vilmar  Rocha, passou o dia na cidade de Goiás, conferindo de perto as atividades realizadas pela Secima dentro do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA) 2017. Vilmar também aproveitou para  realizar  várias reuniões e apresentar os  projetos da pasta, como o Goiás Solar.

O primeiro encontro foi com a prefeita Selma Bastos, secretários municipais e assessores da Secima no Mercado Municipal de Goiás, onde tomaram café da manhã. Em seguida, Vilmar  Rocha participou de entrevistas em emissoras de  rádio e tv.

No Quartel do XX, onde está instalado o Espaço Secima, o secretário encontrou com alunos de  várias  escolas  públicas de  outras  cidades. Eles vieram ao FICA apresentar os vídeos produzidos com foco ambiental que aprenderam durante a oficina de cinema e vídeo ambiental da Secima.

No final da manhã, uma reunião na prefeitura contou com a participação de  representantes do executivo municipal, gestores da Secima e  membros de  entidades e grupos de  professores universitários da cidade de Goiás para falar  sobre o Parque Estadual Serra Dourada e o Comitê da Bacia do Rio Vermelho.

A comitiva pediu ao secretário Vilmar Rocha a revisão estrutural do grupo de trabalho do Parque Serra Dourada. O secretário se  comprometeu em estudar o assunto e marcou nova reunião para o mês de agosto, quando  os participantes vão levar uma proposta para a nova composição, além de diretrizes para a criação definitiva do parque.

Sobre o Comitê da Bacia do Rio Vermelho, a pauta girou em torno da recomposição dos membros do comitê e a criação de outros dois: do Alto Araguaia e Médio Araguaia. “Sugiro a criação de um único comitê para toda bacia do Vale do Araguaia. Isso facilitará a elaboração de um plano para a bacia, com apresentação das demandas”, explicou Rocha.

A tarde  foi a vez  de  falar  sobre o Programa Goiás Solar. A Secima convidou a  empresa Sustenergyn Energia Solar, que  levou até a cidade de  Goiás uma  usina móvel de energia solar fotovoltaica em um trailer escolar demonstrando tecnicamente como a luz do sol se converte em energia. “O próprio consumidor pode produzir energia solar. Esse é o grande diferencial. Basta aproveitar a luz do sol”, conclui Vilmar Rocha.

A Superintendente de Energia, Telecomunicações e Infraestrutura da Secima, Danúsia Arantes, apresentou o programa para comunidade e falou das ações para incentivar a adesão ao uso da energia  solar como a isenção de ICMS para micro e mini geração, a simplificação do licenciamento ambiental para empreendimentos de energia solar fotovoltaica; linhas de  crédito exclusivas da  Goiás Fomento para financiamentos e  outros benefícios.

O dia em Goiás terminou com uma visita ao bispo diocesano da cidade, Dom Eugênio Rixen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *