Goiás: Prêmio Professores do Brasil inscreve projetos de boas práticas pedagógicas

Professores da rede pública estadual que desenvolvem práticas pedagógicas diferenciadas em sala de aula que contribuam para a melhoria do ensino aprendizagem já podem inscrever seus projetos na 10ª edição do Prêmio Professores do Brasil, uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que conta com o apoio de diversas instituições privadas e do terceiro setor.

Com inscrições abertas até o dia 25 de agosto, o prêmio tem o intuito de estimular, reconhecer e divulgar o trabalho dos docentes que atuam na Educação Básica nas escolas públicas e privadas de todo o País. A premiação será em três etapas: Estadual, Regional e Nacional. Na fase Estadual, os três melhores projetos ganharão uma placa de homenagem. A Regional premiará 30 educadores com R$ 7 mil, troféu, viagem de oito dias à Irlanda para fins de capacitação, além de equipamentos de informática com conteúdo educativo para a escola. Já na Final serão selecionados seis projetos, que receberão cada um R$ 5 mil e um troféu.

Esta edição também premiará em dinheiro projetos em quatro temáticas específicas: “Esporte Como Estratégia de Aprendizagem” (professores de Educação Física), “Conservação e Uso Consciente da Água”, “Estímulo ao Conhecimento Científico por Meio da Inovação” e “Uso de Tecnologias de Informação e Comunicação no Processo de Inovação Educacional”. O resultado final será divulgado no dia 7 de dezembro.

Gestão Escolar
As experiências pedagógicas podem concorrer em seis categorias: Educação Infantil (creche), Educação Infantil (Pré-Escola), Ensino Fundamental (Ciclo de Alfabetização – 1º a 3º anos), Ensino Fundamental (4º e 5º anos), Ensino Fundamental (Anos Finais – 6º a 9º anos) e Ensino Médio. Cada professor só poderá inscrever um trabalho.

A 10ª edição do prêmio integra a iniciativa “Educadores do Brasil”, que inclui também o Prêmio Gestão Escolar (PGE), promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Ambos têm como foco cumprir a meta 17 do Plano Nacional de Educação (PNE), que propõe ações de valorização dos educadores na rede pública de ensino e estimula a adoção de boas práticas de gestão por meio dos gestores educacionais.

Este ano, o Governo de Goiás e a Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) adotaram uma iniciativa inédita, que será a premiação das melhores práticas de gestão na etapa estadual do PGE. O primeiro lugar receberá R$ 30 mil, o segundo R$ 20 mil e o terceiro, R$ 10 mil. A premiação será oficialmente anunciada pela secretária Raquel Teixeira no dia 1º de agosto, às 14 horas, no Teatro Goiânia.

Comunicação Seduce

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *