Goiás: Governador destaca a fé e o crescimento da Romaria do Muquém

A fé e o espírito de religiosidade dos goianos foram destacados nesta terça-feira, dia 15, pelo governador Marconi Perillo, durante missa solene em louvor a Nossa Senhora D´Abadia, na tradicional Romaria do Muquém, em Niquelândia, que este ano completa 269 anos. Em seu pronunciamento aos milhares de fiéis, autoridades e líderes religiosos e políticos que participaram da celebração, condenou o uso político das atividades religiosas.

Acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo e do vice-governador José Eliton, o governador assistiu à celebração comandada por dom Messias Reis, bispo da Diocese de Uruaçu e disse que participa com fé e devoção das tradicionais festas religiosas de Goiás há mais de 40 anos. Marconi iniciou suas palavras parabenizando a força da igreja católica e destacou a homilia do arcebispo dom Messias Reis. “No Brasil há muitos lobos vestidos de pele de cordeiro”, disse, no momento em que pediu aos fiéis um “viva ao Muquém” e um “viva a Nossa Senhora D’Abadia”.

O governador prometeu concluir, até a próxima romaria, em 2018, as obras da estrada do Caminho da Romaria do Muquém. Quanto ao anel viário reivindicado pelos líderes católicos do santuário, ele garantiu que vai ajudar o prefeito de Niquelândia, Valdeto Ferreira Rodrigues a desapropriar as áreas particulares para construção da obra.

Marconi saudou o arcebispo dom Messias Reis, “o homem que fala as coisas duras, mas com ternura” e que este ano completa 25 anos de sacerdócio. Ressaltou a clareza de ideias do arcebispo e o compromisso histórico dele com o bem comum e com o despertar o espírito de religiosidade dos goianos.

“São mais de 40 anos que eu participo da Romaria de Muquém, e a Valéria vem há mais de 50 anos, vinha acompanhada de seus pais. A gente vem agradecer tantas bênçãos de Nossa Senhora D’Abadia. Agradecer também todos os livramentos que tivemos graças à nossa fé e da saúde que temos para cumprir os propósitos e os desafios que nos foram dados, principalmente a sabedoria, para fazermos o bem, semearmos a paz e realizar as demandas da população goiana”, disse Marconi.

Sobre o sermão de dom Messias, Marconi reforçou que “tem muito político que na igreja é uma coisa e quando chega em Brasília ou em outro lugar tem outro comportamento.  São políticos que gritam, que xingam, que fazem bonitos discursos mas não fazem nada na prática para melhorar a vida das pessoas”, disse Marconi, prosseguindo: “E outros que fazem corrupção no passado e depois acusam os outros. São políticos demagogos, populistas, que não merecem a confiança das pessoas”, disse.

“Mas também tem aqueles políticos que só vêm a Muquém por conta dos eleitores, dos votos. Esses políticos também vão a Trindade, para aparecer diante dos eleitores. Dom Messias tem razão em fazer a cobrança pelo outro comportamento por parte deles. Eu sou romeiro há 40 anos, pertenço a esta região e faço isso em função da minha fé”, afirmou ainda o governador.

Uma das mais tradicionais festas religiosas do País, a Romaria do Muquém atrai fiéis de várias regiões do Brasil e até do exterior que, por duas semanas, todos os anos se dirigem ao pequeno distrito de Niquelândia, fincado entre serras, para expressar a fé em Nossa Senhora D´Abadia, pagar promessas e buscar curas.

Pronunciamento do governador Marconi Perillo na Missa de Celebração da Romaria de Nossa Senhora D’Abadia de Muquém:

“Inicio minhas palavras falando sobre as obras do Caminho da Romaria de Muquém, que infelizmente não fizemos antes em função da falta de dinheiro. Mas agora, como vocês podem ver, as obras estão aceleradas e eu já determinei que todas as providências necessárias para a conclusão sejam tomadas por nossa equipe de governo. No ano que vem, vocês já poderão vir à Romaria, pela estrada pronta, a estrada do Caminho da Romaria de Muquém. Eu conversei com o prefeito (de Niquelândia) Valdeto (Ferreira Rodrigues) e ele já está tomando as providências para a desapropriação das áreas que ainda faltam.

Eu quero concordar e reforçar as palavras de dom Messias nessa homilia. Dom Messias é um homem que fala coisas duras, mas com ternura. No Brasil há muitos verdadeiros lobos vestidos de pele de cordeiro. São mais de 40 anos que eu participo da Romaria de Muquém, e a Valéria vem há mais de 50 anos, vinha acompanhada de seus pais. A gente vem agradecer tantas bênçãos de Nossa Senhora D’Abadia. Agradecer também todos os livramentos que tivemos graças à nossa fé e da saúde que temos para cumprir os propósitos e os desafios que nos foram dados, principalmente a sabedoria, para fazermos o bem, semearmos a paz e realizar as demandas da população goiana”, disse Marconi.

E tem muito político que na igreja é uma coisa e quando chega em Brasília ou em outro lugar tem outro comportamento. São os verdadeiros lobos vestidos em pele de cordeiro. São políticos que gritam, que xingam, que fazem bonitos discursos mas não fazem nada na prática para melhorar a vida das pessoas. E outros que fazem corrupção no passado e depois acusam os outros. São políticos demagogos, populistas, que não merecem a confiança das pessoas”, disse.

Mas também tem aqueles políticos que só vêm a Muquém por conta dos eleitores, dos votos. Esses políticos também vão a Trindade, para aparecer diante dos eleitores. Dom Messias tem razão em fazer a cobrança pelo outro comportamento por parte deles. Eu sou romeiro há 40 anos, pertenço a esta região e faço isso em função da minha fé.

Parabéns à Igreja Católica, aos sacerdotes e aos fiéis de Muquém por essa belíssima festa religiosa, por essa verdadeira e genuína demonstração de fé e religiosidade, que mostra a grandeza da devoção que os goianos têm por seus intercessores junto a Deus, por Jesus Cristo e por Nosso Senhor. Obrigado.”

Fotos: Wagnas Cabral

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *