São Paulo: Nefro PG aumentará em 600% os atendimentos com habilitação do Ministério da Saúde

Unidade de Alta Complexidade passa a ser referência em toda a Baixada Santista

A Unidade de Alta Complexidade em Cuidados ao Portador de Doença Renal Crônica e Terapia Renal Substitutiva de Praia Grande (Nefro-PG) recebeu habilitação do Ministério da Saúde. Na prática, a Nefro PG passará a ser referência regional no atendimento especializado voltado à prevenção, diagnóstico, consulta e tratamento de doenças renais.

A Nefro PG já está operando há aproximadamente um ano e meio e atende pacientes de Praia Grande. Atualmente, a Cidade está custeando o serviço sozinha e agora com o credenciamento e portaria do Ministério da Saúde para o recebimento de recursos, o serviço será aberto para a Região.

A unidade conta hoje com 14 equipamentos de hemodiálise já em funcionamento e com a habilitação passará a ter 35. O prefeito de Praia Grande e atual presidente do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), Alberto Mourão, explica a importância da habilitação junto ao Ministério da Saúde. “Hoje atendemos 35 pacientes de hemodiálise de Praia Grande, com esse número maior de equipamentos, vamos atender 214 pacientes de Praia Grande e também de toda a Baixada Santista, ou seja, vamos aumentar em mais de 600% nossa capacidade de atendimento na hemodiálise”, disse.

A habilitação do serviço e a vinda de recursos do Governo Federal é resultado direto do trabalho coordenado por Mourão no Condesb denominado ‘Radiografia da Saúde’. Com os dados atualizados de atendimentos e reais necessidades orçamentárias das cidades da Baixada Santista para atender as demandas reprimidas da área da Saúde em mãos, o presidente do Conselho liderou uma comissão em audiência com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, em Brasília. O trabalho culminou com a liberação de mais R$ 120 milhões por ano para a região. Os valores só são liberados pela União após cumprimento de procedimentos legais, fases superadas por Praia Grande no caso da Nefro PG.

No final do mês de outubro, será realizada uma reunião com a Comissão de Intergestores Regionais (CIR), composta por representantes da área da Saúde de toda a Baixada Santista e, de acordo com o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira, na ocasião será discutida a quantidade de atendimentos que serão disponibilizados para pacientes da região. “Até o momento, Praia Grande estava custeando sozinha os tratamentos e atendimentos realizados no Nefro-PG, agora com o aporte também do Ministério da Saúde, vamos disponibilizar um número bom de atendimentos para a região, ajudando a absorver a demanda de outros municípios”, explicou o secretário.

Estrutura – Localizada na Avenida Presidente Costa e Silva, nº 1.397, Bairro Boqueirão, a Nefro-PG conta com uma equipe altamente capacitada e titulada, com a formatação de multidisciplina composta por médicos nefrologistas (adulto e pediátrico), enfermagem, psicologia, nutrição e assistência social. A unidade é gerenciada pela Fundação do ABC.

ASCOM PMPG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *