Valparaíso de Goiás: Governo municipal realiza reunião técnica de reativação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal

O GGIM acolhe um novo modelo de gestão que visa a integração dos órgãos de segurança pública, Poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e a sociedade civil

Aconteceu nesta terça-feira, 30 de janeiro, a 1ª reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). O fórum conduzido pelo presidente da GGIM, o prefeito Pábio Mossoró, visa a integração dos órgãos de segurança pública, por meio de ações de policiamento ostensivo e ações conjuntas de prevenção, com o objetivo de aumentar a percepção de segurança por parte da população.

O gabinete, reativado em dezembro de 2017, mediante Decreto, faz parte das metas do Pacto Social Goiás Pela Vida e acolhe um novo modelo de gestão. Em discurso o presidente do GGIM, prefeito Pábio Mossoró, tratou a relevância da instituição do gabinete. “A reativação do GGIM é de suma importância! Esse grupo foi resgatado para discutir soluções para prevenção. A própria comunidade acredita que segurança pública é apenas policiais nas ruas, mas, na verdade, segurança pública se dá por meio de uma série de ações que instrumentam e melhora significativamente a segurança”, evidenciou.

Segundo Campelo, representante da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, o Pacto Social surgiu pela necessidade de envolver a população para tratar de segurança pública principalmente nas 21 cidades que concentram 89% dos crimes contra a vida e o patrimônio e, agora, com a instituição do GGIM, o monitoramente das ações será mais efetivo. “Nossa ideia é fortalecer a segurança local e o GGIM é uma ferramenta que identifica o que falta e cobra das pessoas certas. A guarda Municipal de Valparaíso, por exemplo, tem o objetivo de atuar de forma preventiva ocupando as lacunas que o Estado não consegue ocupa, portanto, a Guarda Municipal fortalece os órgãos policiais existentes e atua como um parceiro. Esse é um modelo de ação integrada”, completou.

O GGIM considera que o Estado não deve ser o único a enfrentar a violência e a criminalidade. Agora, o Estado passa a agir preventivamente, por meio de ações sociais. Por sua vez, os municípios atuam no diagnóstico dos problemas locais. Segundo a secretária municipal de Administração e Recursos Humanos, Rosângela Palácio, o papel do município na luta contra a violência e a criminalidade se dá a partir da atuação preventiva, por meio da Guarda Municipal, ações culturais, educação, boa iluminação pública, segurança urbana, ações de fiscalização, entre outras.

Em reunião o secretário executivo GGIM, João Batista fez a proposta de criação de três Câmaras Técnicas, que possibilitam a interlocução com a sociedade civil. Agora, os órgãos de segurança deve indicar um representante para compor o GGIM, e o gabinete se reunirá uma vez por mês.

O evento reuniu diversas entidades, como Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil, Conselho Tutelar, Superintendência dos Serviços de Fiscalização, Superintendência de Trânsito e secretarias municipais.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Valparaíso de Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *