Aplicativo permite doação em dinheiro para recuperação de nascentes de rios

Termo de cooperação entre Fundação Banco do Brasil e Serviço Florestal Brasileiro foi assinado nesta quinta (22), Dia Mundial da Água

No dia Mundial da Água, 22 de março, a Fundação Banco do Brasil e o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) assinaram  um termo de compromisso para a cooperação técnica que viabilizará a captação de recursos financeiros de pessoas físicas e jurídicas para a recuperação vegetal de nascentes de rios em todo o Brasil. A assinatura ocorreu durante o 8º Fórum Mundial da Água, em Brasília.

O acordo faz parte do Programa Plantadores de Rios, iniciado em junho de 2017, com o objetivo de proteger e recuperar áreas próximas aos cursos d’água para ampliar a oferta de água potável e a segurança hídrica da população nas diversas regiões do país.

Atualmente, por meio de um aplicativo digital, o programa conecta proprietários de imóveis rurais inscritos no Sistema de Cadastro Ambiental Rural (SiCAR) com pessoas e instituições que queiram investir na recuperação da cobertura vegetal de Áreas de Preservação Permanente (APP) hídricas. O aplicativo localiza as nascentes próximas ao usuário em um raio de até 15 quilômetros. O usuário escolhe qual nascente quer adotar e, a partir daí, ele pode conversar por chat com o proprietário da área. O interessado em adotar uma nascente tem a opção de fazer diversos tipos de doação direta ao produtor: dinheiro, materiais (mudas, sementes, cercas, entre outros) ou serviços (limpeza e assistência técnica, por exemplo).

O SiCAR tem mapeadas e cadastradas cerca de 1,7 milhão de nascentes e mais de 15 milhões de hectares de áreas de preservação permanente – dos quais cerca de 6 milhões de hectares precisam ser recuperados.

Com a cooperação da Fundação BB será possível doar dinheiro para o programa. Os recursos financeiros poderão ser doados por pessoas físicas, empresas, fundos internacionais ou privados, bancos, arrecadação virtual, entre outras formas, por meio de transferência direta para conta corrente do programa ou por plataforma de pagamento online. Os recursos captados serão destinados a projetos de recuperação da vegetação no entorno dos rios, por meio de chamadas públicas. Um auditoria independente será contratada para auditar os recursos arrecadados e a aplicação para recomposição florestal nas áreas de nascentes.

“A entrada da Fundação BB fortalece a possibilidade de mais adesões voluntárias ao programa, não só pelo aplicativo, mas também pela conta aberta pela Fundação, que terá esse recurso aplicado de forma transparente.” afirmou Raimundo Deusdará, diretor-presidente do Serviço Florestal Brasileiro”.

“Queremos que, a partir desse projeto, cada pessoa que queira preservar uma nascente tenha certeza de que os recursos serão utilizados para a finalidade que foi preconizada”, explicou Asclepius Soares, presidente da Fundação Banco do Brasil.

Assessoria de Comunicação da Fundação BB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *