Distrito Federal: Asilo recebe ação gratuita de prevenção ao glaucoma

Idosos do Asilo Bezerra de Menezes, em Sobradinho, receberão uma visita especial neste sábado, dia 19/5 uma equipe do Hospital de Olhos do Brasil, liderada pelo oftalmologista Ricardo Yuji Abe, estará no local para fazer check-up oftalmológico gratuitamente nos moradores da instituição. Na ocasião, também serão feitas trocas de lentes de óculos, entrega de alimentos não perecíveis e materiais não perecíveis recolhidos em campanhas internas feitas nos hospitais do grupo.

A visita é parte de um conjunto de ações que visam melhorar a qualidade de vida dos idosos e chamar a atenção para importância da prevenção do glaucoma, doença silenciosa considerada a maior causa de cegueira irreversível no mundo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 65 milhões de pessoas no planeta convivem com a patologia, responsável por 4,5 milhões de casos de perda total de visão. Só no Brasil, ela atinge mais de 900 mil pessoas. “O glaucoma é uma doença degenerativa e progressiva, que danifica as células do nervo óptico. É crônica e não tem cura, sendo que na maioria dos casos pode ser controlada com tratamento adequado e contínuo”, explica o dr. Yuji Abe. Fazem parte do grupo de risco pessoas com mais de 40 anos (a prevalência aumenta com a idade), míopes que usam lentes acima de seis graus, diabéticos e pacientes que tiveram trauma ocular ou doenças intraoculares e indivíduos da raça negra, que têm quatro vezes mais chances de serem afetados.

Como muitas vezes o problema é assintomático, os pacientes, geralmente, buscam o tratamento em uma fase já bastante avançada. No entanto, uma vez que a visão foi perdida, independentemente do tipo de glaucoma, ela não poderá ser restaurada. “Por isso, é necessário um exame oftalmológico completo e cuidadoso, com medição da pressão intraocular, exame do fundo de olho e campo visual. Quanto mais rápido for o diagnóstico, maiores as chances de se evitar a perda visual. Não podemos evitar que o Glaucoma apareça, mas podemos sim evitar a cegueira causada pela doença”, afirma o oftalmologista.

Sobre o Grupo HOBrasil

Iniciado em abril de 2016, o HOBrasil nasceu da parceria entre médicos e o Fundo de Investimentos Pátria, e hoje é o maior grupo da América Latina no segmento. Seu modelo associativo mantém o médico à frente do negócio, proporcionando possibilidades importantes para o futuro das clínicas em um cenário cada vez mais competitivo e agressivo. Entre os hospitais e clínicas que integram o Grupo HOBrasil estão o Hospital Oftalmológico de Brasília – HOB, Hospital de Olhos INOB (DF); o Instituto de Olhos Freitas, DayHorc e Clínica Villas (Bahia); e o Hospital de Olhos de Santa Luzia (Alagoas).

Paulo Almeida – Tríplice Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *