Entorno: Polo ABC vai gerar mais de 4 mil empregos diretos em Luziânia

Nesta quinta, 30 de agosto, mais uma importante etapa foi cumprida para a implantação do maior empreendimento de logística do agronegócio aqui em Luziânia.

A “PREMIUM”, uma das cinco participantes do consórcio de empresas que irão gerenciar o empreendimento, assinou protocolo para início das obras do Polo ABC.

A iniciativa tem a parceria do município de Luziânia e irá gerar mais de 4 mil empregos diretos e 12 mil indiretos na cidade. 

Está é mais uma ação ousada e eficiente da gestão do prefeito Cristóvão Tormin, incentivando com recursos municipais a implantação de um novo polo de abastecimento de alimentos – o mais moderno do país – em Luziânia.

O POLO ABC

Uma nova era no abastecimento e produção de alimentos no Brasil está iniciando.

Criado e pensado por um consórcio de grandes empresas, com incentivo fiscal da Prefeitura de Luziânia, o *POLO ABC de Abastecimento* será implantado em nossa cidade na região conhecida como Parque Roosevelt, às margens da BR-040.

O empreendimento terá uma área total de 410 mil metros quadrados, com uma estrutura ampla e moderna, adaptada aos novos formatos de transporte de carga.

Com concepção inovadora, o complexo terá controle de processos de forma ágil e organizada, garantindo bons fornecedores e alto fluxo de compradores.

SUSTENTABILIDADE

Toda a estrutura do empreendimento tem como prioridade a sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente. A eletricidade será fornecida por placas fotovoltaicas que captam energia solar. A água terá um amplo sistema de captação e reaproveitamento de água da chuva. Todo o lixo produzido será tratado e reciclado no próprio ambiente, e nenhum alimento será desperdiçado, pois haverá a implantação de um eficiente banco de alimentos.

NEGÓCIOS

O novo Polo fornecerá oportunidade de negócios para produtores rurais, comerciantes atacadistas e varejistas, distribuidores e prestadores de serviços que buscam fornecer alimentos de qualidade à população.

Para se ter uma dimensão do setor, o complexo operacional de distribuição de alimentos respondeu, em 2017, pela comercialização de 18,7 milhões de toneladas de produtos frescos, o equivalente a R$ 28,8 bilhões (cerca de US$ 9,6 bilhões).

GERAÇÃO DE EMPREGOS

A implantação do novo POLO ABC traz uma excelente notícia: serão gerados *4.000 empregos diretos*, o que significa a *geração de mais 12.000 empregos indiretos no município* e região.

“A implantação desse Polo, pelo qual venho trabalhando há bastante tempo, vem mostrar que estamos no rumo certo e que Luziânia é hoje uma das principais cidades do Estado em crescimento de negócios. Criamos em Luziânia as condições para competir com outras cidades do país por mais investimentos produtivos. Outros investimentos virão, pois temos indicadores diferenciados e muito a oferecer para quem decidir investir aqui”, afirmou o prefeito Cristóvão Tormin.

Com Informações da ASCOM/PML

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *