Goiás: IBGH visita HGG em busca de informações para acreditar suas unidades

O Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) visitou o Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG) para conhecer os detalhes dos processos de certificação e acreditação que o hospital estadual possui.

A certificação é concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), uma entidade não governamental reconhecida pela ISQua (International Society for Quality in Health Care). Ela certifica a qualidade de serviços de saúde no Brasil, com foco na segurança do paciente.

A certificação e a acreditação visam aprimorar os serviços de saúde e melhorar a qualidade da assistência no País. Esse é um processo constante de avaliação e exige que as unidades mantenham o grau de excelência após a certificação.

Busca pela certificação

Para a coordenadora técnica das equipes de enfermagem e multidisciplinar do IBGH, Michele Cristina Jaime, o objetivo da iniciativa foi mostrar que o trabalho nas unidades do IBGH não está isolado. Os líderes de setores das unidades geridas pelo Instituto conheceram o processo de implantação de certificação ONA 1. Também conheceram o processo de transição para o ONA 2 e 3 no HGG.

Toda unidade que busca a certificação e a acreditação tem que seguir os mesmos procedimentos. As rotinas e processos de organização de protocolos e de legislação devem ser seguidos por todos. “Isto é feito em nível internacional, garantindo a acreditação e o que ela traz. A qualidade no atendimento, a segurança do paciente e o respaldo e amparo legal dos profissionais”, explica.

As visitas foram realizadas nos dias 2 e 3 de agosto e serviram para conhecer melhor algumas áreas do HGG. Farmácia, Centro Cirúrgico, Comissão de Controle de Infecções Hospitalares (CCIH) e Escritório de Qualidade fizeram parte da visita.

Acreditações no IBGH

A primeira unidade gerida pelo IBGH a receber esta acreditação foi o Hospital Estadual Ernestina Lopes Jaime (HEELJ). A unidade fica no município de Pirenópolis e recebeu o nível ONA 1.

O IBGH também é responsável, em Goiás, pela gestão do Hospital de Urgências da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (HURSO), em Santa Helena, e do Hospital Estadual de Jaraguá Dr. Sandino de Amorim (HEJA). Além dessas unidades, o IBGH administra a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Macapá e o Pronto Atendimento Municipal de Jandira – São Paulo.

O trabalho no HGG contou com representantes de todas as nossas unidades de Goiás. A meta é que todas as unidades recebam a acreditação.

Por Brenno Sarques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *