São Paulo: Guarda Civil Municipal localiza área desmatada e construções irregulares em Praia Grande

Invasores abandonaram ferramentas e uma bicicleta

Quatro barracos foram localizados em uma área no Bairro Ribeirópolis, na tarde de quinta-feira (23), por uma equipe da Guarda Ambiental, que integra a Guarda Civil Municipal (GCM). A ação aconteceu durante um patrulhamento da equipe, mas os infratores não estavam no local.

No final da Avenida Flávio Monteiro de Castro os guardas encontraram vários pontos de desmatamento e construções subnormais em fase de acabamento. Os invasores não estavam no local e, portanto, não foi possível identificá-los. Eles abandonaram na área 19 ferramentas e uma bicicleta. Os equipamentos foram apreendidos e as construções removidas em ação conjunta com as secretarias de Urbanismo (Seurb) e de Serviços Urbanos (Sesurb).

De acordo com o inspetor do grupamento, Fábio Marques, o local se trata de uma Zona de Amortecimento do Parque Estadual Serra do Mar e qualquer intervenção que implique na supressão da vegetação depende de autorização, sob pena de sanção na lei de crimes ambientais. “É uma área estabelecida no entorno do Parque que tem a função de filtrar os impactos negativos que ocorrem fora dele como por exemplo ruídos, poluição, espécies invasoras e avanço da ocupação humana”.

As ações do grupamento Ambiental da GCM são realizadas com frequência em diversas áreas da Cidade e apresentam importantes resultados no combate às ocupações irregulares e suas consequências, como o crescimento desornado. Denúncias podem ser feitas pelos telefones 153 e 199.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *