Goiás: Demóstenes propõe prisão perpétua para crimes violentos

O procurador de Justiça e candidato a deputado federal Demóstenes Torres apresentou proposta que irá criar a prisão perpétua para corruptos, chefes do tráfico, estupradores, pedófilos e assassinos reincidentes. O projeto foi apresentado durante eventos de campanha na região metropolitana de Goiânia nesta quinta-feira (20). A proposta também entrará nas pílulas de rádio e televisão.

“O serial killer Tiago matou 59 pessoas e pegou sete séculos de pena, mas será solto daqui a 25 anos. Ou seja, menos de seis meses para cada vida que ele tirou. Vou criar a prisão perpétua para corrupção, tráfico, estupro, pedofilia e homicidas reincidentes. É preciso garantir a segurança das nossas ruas para as nossas famílias”, disse Demóstenes.

Pela manhã, o candidato fez uma grande caminhada pela Avenida Mangalô, no Setor Morada do Sol, região Noroeste da capital. A dona de casa Antônia Maria Conceição, de 43 anos, abordou Demóstenes para registrar o encontro com uma selfie. “Demóstenes foi o melhor secretário de Segurança Pública de Goiás. Fez muita coisa no Senado. É um homem que a gente conhece o trabalho”, disse.

À noite, Demóstenes participou de uma grande reunião em Senador Canedo. No discurso, Demóstenes também se comprometeu a ajudar a construir presídios em zonas rurais, retirando o crime organizado das cadeias em zonas urbanas. “É preciso colocar o criminoso longe do celular e principalmente longe da população”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *