Cidade de Goiás celebra memória de Goiandira do Couto

E agora, Goiandira? Com esse tema, a cidade de Goiás recebe uma série de atividades pela preservação da memória da artista plástica Goiandira do Couto, que morreu há seis anos. Na programação tem visita ao espaço cultural da artista, roda de capoeira Angola, exposição fotográfica, exibição de curtas e mais.

O movimento é pela reativação do espaço cultural que leva o nome da artista e que está fechado desde 2011. A iniciativa envolve o Projeto Express’Arte Drama Volátil, aprovado pelo Fundo de Arte e Cultura, da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), o Ponto de Cultura Imagem da Memória, e a Escola de Artes Plásticas Veiga Valle. A coordenação da iniciativa é do cineasta Lázaro Ribeiro e a artista plástica Marly Mendanha (amigos de Goiandira).

A programação começa nesta quarta-feira, dia 24, às 15 horas, com visita ao Espaço Cultural Goiandira do Couto. Na quinta-feira, dia 25, haverá uma noite cultural, no Cineteatro São Joaquim. As atrações começam a partir das 19 horas, no hall do teatro com o projeto Arte, Memoria e Percurso – Um Encontro de Cultura, com roda de capoeira, e abertura da exposição fotográfica Goiandira do Couto, promovida pelo Museu da Imagem e Memória (MIM), com curadoria de Patrícia Mousinho, Lázaro Ribeiro e Marly Mendanha.

Às 19h30, a atriz Rita Elmôr sobe ao palco para um bate-papo com o tema: Descobrindo o Teatro – sobre a atuação do ator no teatro, televisão e cinema (Projeto Drama Volátil). A atividade integra o movimento por ser Goiandira do Couto uma ativista cultural que sempre promoveu atividades multiculturais. A presença da atriz também encerra as ações do projeto Express’Arte…Drama Volátil – iniciativa que promoveu diversas oficinas de teatro com a comunidade.

Na sequência, haverá apresentação de dança do grupo de teatro infantil da Veiga Valle, coordenado pelo professor Luiz André Riccelli, e exibição da mostra Imagem da Memória, com o curta Goiandira do Couto, de Lázaro Ribeiro, e mais seis curtas-metragens produzidos por escolas da cidade de Goiás atendidas pelo Ponto de Cultura Imagem e Memória, CEPI Professor Alcide Jubé, Colégio Alternativo Coopecigo, Lyceu de Goyaz e União de Capoeira Angola Pró-Adolescente (Ucapra).

Goiandira Ayres do Couto
Nascida na cidade de Catalão em 12 de setembro de 1915, Goiandira do Couto foi para cidade de Goiás com a transferência do pai, Luiz Ramos de Oliveira Couto, que era juiz, poeta, jornalista. Ali viveu até seus últimos dias. Vilaboense de coração, dedicou sua vida às artes, sendo umas das fundadoras da Escola de Artes Plásticas Veiga Valle, Organização Vilaboense de Artes e Tradições (Ovat) e criadora da Escola Regimental da Primeira Companhia Destacada da Polícia Militar na cidade de Goiás, entre outros feitos. A artista foi reconhecida internacionalmente pela pintura em areias coloridas da Serra Dourada, técnica criada pela artista em 1967.

Programação das atividades:
24/10– Visita ao Espaço Cultural Goiandira do Couto (pela primeira vez aberto à visitação após a morte da artista há seis anos).
Local: Casa de Goiandira do Couto – horário: 15h às 16h30

25/10 às 19h– Arte, memória e percurso – Um encontro de culturas
Local: Holl do Teatro São Joaquim
– Boas-vindas –roda de capoeira Angola com o grupo Ucapra
– Exposição fotográfica Goiandira em Imagem e Memória (Museu da Imagem e Memória
– MIM), curadoria de Patrícia Mousinho, Lázaro Ribeiro e Marly Mendanha.

Abertura oficial
– Conversa com a atriz Rita Elmôr: Descobrindo o Teatro – sobre a atuação do
ator no teatro/televisão/cinema.
– Apresentação de dança do grupo de teatro infantil da Veiga Valle coordenado
pelo prof. Luiz André Riccelli.
– Mostra Imagem da Memória
Curta – Goiandira do Couto de Lázaro Ribeiro
Exibição de seis curtas produzidos pelas Escolas da Cidade de Goiás atendidas
pelo Ponto de Cultura Imagem da Memória: UCAPRA – União de Capoeira
Angola Pró-Adolescente, Lyceu de Goyaz, CEPI Professor Alcide Jubé, Colégio
Alternativo Coopecigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *