Goiás: Missão brasileira conquista mercado na Ásia

Presidente da Associação Goiana de Produtores de Algodão (Agopa), Carlos Alberto Moresco compõe a comitiva brasileira em missão comercial no oeste e sul da Ásia. A Missão Vendedores 2018 passou pela Turquia, e China, e desembarca em Hong Kong para participar da Conferência Internacional do Algodão (ICA), também em Hong Kong. Capitaneada pela Associação Brasileira de Produtores de Algodão (Abrapa), a missão tem visitado países compradores do algodão nacional, estreitado laços comerciais com indústrias têxteis e promovido reuniões com foco na apresentação das vantagens do algodão brasileiro.

Da Turquia, Carlos Alberto Moresco comemorou o andamento da missão. “Está muito boa. Tivemos bons feedbacks onde os clientes falaram que somos o segundo melhor algodão do mundo. Precisamos melhorar a imagem que perdemos no passado com o algodão adensado, mas que agora estamos evoluindo rapidamente”, afirma. Moresco diz ainda que uma vantagem do algodão brasileiro está no certificado de sustentabilidade da Better Cotton Iniciative (BCI), instituição internacional que coloca o Brasil como líder na produção sustentável da fibra, com mais de 30% de todo o volume global. “O que manteve as portas abertas nos mercados internacionais nestes anos difíceis foi o BCI”, declara.

Missão compradores

Em agosto deste ano, 25 representantes do Vietnã, Bangladesh, China, Turquia, Colômbia e Indonésia, estiveram em Goiânia, em um tour pelos três maiores estados produtores da pluma no Brasil. A Missão Compradores 2018 é realizada há quatro anos pela Abrapa para apresentar ao mercado global o modelo nacional de produzir algodão, com altas produtividades e práticas sustentáveis. Este ano, a expedição ocorreu em meio à colheita da safra 2017/2018, um recorde de produção. O Brasil alcançou o terceiro maior exportador mundial da commodity, posto antes ocupado pela Austrália.

Por Brenno Sarques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *