Goiás: Costurando a solidariedade

Oficinas de costura ensinam como personalizar o vestuário e contribuem para bazar beneficente de natal

As oficinas de personalização e conserto de roupas começaram na manhã desta terça-feira, dia 27, no Clube de Costura, e atraíram um público diverso com objetivos também variados. As oficinas fazem parte da iniciativa Natal de Algodão, promovido pela Agopa, em parceria com o Sebrae, Clube de Costura e a Casa Irmã Dulce.

“São dicas de coisas que se podem fazer sem, necessariamente, o uso de máquinas de costura”, explica a gerente do Clube de Costura, Paula Garcia. Juntamente com a professora Neide Correia, Paula coordena as oficinas, que no seu primeiro dia atraiu pessoas interessadas em entrar no mercado da moda e outras que desejam apenas consertar suas próprias roupas. Há ainda quem tem uma série de ideias, mas não sabem como aplicá-las.

A oficina recebeu doações de várias peças de roupa, cujos tecidos, modelos e defeitos foram discutidos na oficina de costura, com a intenção de mostrar o que pode ser feito em cada tipo de peça e quais materiais são recomendados. “As opções de transformação são infinitas. O céu é o limite”, comenta Paula.

Em seguida, os participantes passaram à prática, primeiro com os reparos manuais e depois com uso da máquina de costura. Bordados, costuras e cerzimento foram os tipos de reparo mais realizados. O primeiro dia de oficina contou com dez participantes e atingiu o limite de vagas. Outras dez vagas estão abertas para esta quarta-feira, a partir das 9 horas. O Clube de Costura fica no Mega Moda Shopping, na Rua 44, em Goiânia. A entrada é franca e as inscrições podem ser feitas on-line no site do SEBRAE Goiás.

Natal de Algodão

A Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa) e o Sebrae Goiás, em parceria com a Casa Irmã Dulce, promovem a campanha social Natal de Algodão. A iniciativa tinha como objetivo inicial arrecadar peças de vestuário para a promoção de um bazar beneficente, com a intenção de fornecer alimentação em lugares da cidade de Goiânia com alta concentração de pessoas em situação de rua.

O período de arrecadação das peças de vestuário e de alimentos terminou 24 de novembro. As peças seguirão para o bazar que será realizado de 3 a 7 de dezembro, também no Clube de Costura. Os recursos obtidos com a venda das peças servirão para comprar alimentos para o jantar a pessoas em situação de rua. O jantar será promovido com voluntários da Casa Irmã Dulce que vão distribuir os alimentos no dia 10 de dezembro. Vale ressaltar que a campanha também está aberta para o recebimento de doação de alimentos e quaisquer outros donativos.

Por Brenno Sarques

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *