Paraíba: novo equipamento otimiza diagnóstico por imagem no Clementino Fraga

O Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga (CHCF), unidade da Secretaria de Estado da Saúde – SES, adquiriu um novo equipamento que deverá otimizar o diagnóstico por imagem nos seus pacientes e usuários. O equipamento, denominado iCR3600, é um moderno serviço de radiologia digital que disponibiliza captura a laser das imagens, aumentando a visualização de detalhes e otimizando a precisão do diagnóstico ao paciente.

O iCR3600 economiza tempo e esforço, melhora significativamente o fluxo de trabalho, trazendo inúmeros ganhos ao serviço. As imagens são disponibilizadas em tempo real, sendo interligadas no sistema e acessadas pelos profissionais com muito mais rapidez.

“O iCR3600 é uma demonstração da possibilidade de fazermos um raio x com imagens digitalizadas, ou seja, uma imagem com riqueza de detalhes e disponível em diversos terminais, onde os profissionais envolvidos podem acessá-las, tirando a necessidade de revelação, otimizando o serviço e atendendo com rapidez e qualidade um número maior de pessoas”, destacou Cleonor Colaço, gerente do Centro de Diagnóstico Por Imagem do Complexo Clementino Fraga.

Números – O complexo Hospitalar Clementino Fraga é referência para diagnóstico e tratamento de tuberculose, patologia que tem o Raio X como exame de apoio ao diagnóstico. De janeiro a novembro de 2018, foram realizadas 10.340 radiografias no CDI do Clementino Fraga, tanto para pessoas que buscam diagnóstico e tratamento no ambulatório da unidade, como também em pacientes internados.

Para Thais Matos, diretora geral do CHCF, o novo equipamento proporcionará maior qualidade das imagens e em consequência mais rapidez e eficácia no diagnóstico, além da economia para o sistema público de saúde, considerando que imagens poderão ser vistas pelos médicos nos monitores instalados nos setores assistenciais e também gravadas em CD, sendo impressas apenas quando necessário.

Por Imagem do Clementino Fraga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *