Hiperdia nas Escolas: prevenção como principal mecanismo para garantir a saúde de nossos adolescentes

O advento da medicina moderna e os avanços tecnológicos e científicos do último século têm contribuído para melhoria da qualidade de vida daqueles que sofrem com alguns tipos de doenças. Todavia, a melhor forma de se evitar a maioria dos problemas de saúde é antiga e bastante conhecida por todas e todos: a prevenção.  
Assim sendo, na última quinta-feira (23) foi realizada uma ação preventiva no Colégio Estadual de Novo Gama. O evento foi organizado pela equipe da Estratégia de Saúde Familiar Nº6 (ESF6) em conjunto com os acadêmicos do curso de enfermagem da Faculdade JK do Gama e a equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).  

Pela manhã, os adolescentes foram instruídos e aconselhados sobre os perigos da hipertensão arterial, seus malefícios e como os fatores hereditários podem influenciar em alguns casos. Os palestrantes trataram do assunto de uma forma dinâmica e simples para uma melhor compreensão dos alunos.  

Foram também ministradas palestras com aconselhamentos profissionais sobre como reduzir a probabilidade de se desenvolver hipertensão arterial com base em uma alimentação saudável, mais nutritiva e com menos alimentos processados, condimentados e industrializados. Visando assim a saúde e bem-estar dos nossos adolescentes.  Já pela tarde, o tema em pauta foi “Gravidez na Adolescência”. A palestra foi ministrada para os alunos de ensino médio, também sob responsabilidade do CTA, ESF6 e residentes da Faculdade JK e contou com assuntos de importante conhecimento para quem está nesta fase da vida.  

Dentre as temáticas, estiveram a prevenção da contaminação por Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e a promoção de testes rápidos do CTA para doenças como Hepatite B, Hepatite C e HIV. Testes estes realizados sob conhecimento e consentimento dos responsáveis pelos alunos menores de idade. 

Ao contrário das reuniões periódicas realizadas naESFs para os pacientes já hipertensos, que visam controle da hipertensão arterial, essa ação nas escolas visa a prevenção dos que têm – ou não – histórico da doença na família, mas não possuem manifestação física. O mesmo princípio vale para a prevenção de ISTs e gravidez na adolescência: alcançar e munir nossos adolescentes de conhecimento e preparação pra lidar com adversidades antes que estas os alcance. 

Texto e informações: ASCOM Prefeitura Municipal de Novo Gama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *