Crianças da LBV expressam sentimentos em oficina de desenho

Atividade foi ministrada pelo artista plástico Bruno Scartazzini em homenagem ao Dia do Artista

Um lápis preto e uma folha de papel em branco. Agora misture com a criatividade e sentimentos. Assim foi realizada a oficina de percepção artística ministrada pelo artista plástico e designer Bruno Scartazzini. A atividade ocorreu com as crianças aten didas pelo Centro Comunitário de Assistência Social da LBV na Capital Federal.

O trabalho consiste em despertar nos pequenos a criatividade utilizando poucos recursos. Apesar da ausência de cores, os desenhos encantam e emocionam pela riqueza de informações. No papel as crianças expressam sentimentos como amor, respeito, carinho e amizade.

Segundo o artista, as crianças compreenderam a atividade e conseguiram expressar, com poucos recursos, desenhos marcantes. “Os desenhos que vi realmente mostram a realidade em que elas vivem, os desejos que querem, uma mensagem positiva, o carinho. E o jeito que a criança age em relação ao papel é totalmente diferente, ainda mais com recursos mínimos. Nós não podemos dar tudo, temos que dar o mínimo para ela começar a se desenvolver e entender que só com aquilo ela consegue resolver a coisa”, destaca.
Mateus Zacarias Martins, 7 anos, estava empolgado com o aprendizado que a oficina proporcionou. “Eu gostei muito, desenhei um lego. A gente faz alguma coisa que gosta e todo mundo gosta também. Todo dia ensinam alguma coisa para nós e a gente aprende para crescer inteligente.”

Já Gabriel Campos dos Santos, 11 anos, gostou de conhecer o trabalho do artista e pode expressar os sentimentos que vivencia diariamente na Instituição. “Achei muito legal e gratificante porque ele é um artista e deixou o trabalho dele para vir aqui dar uma aula para nós. Eu desenhei uma flor e um coração para falar do meu amor pela LBV. Eu fiz isso porque a LBV é uma acolhedora, ela ajuda muito a gente, ela é uma amiga do coração. E a minha flor representa o carinho e o coração o amor.

Futuro construído com amor e respeito

Construir um futuro promissor depende de ações e atitudes que valorizam esse desejo. Nos traços feitos por Carla Fernanda Feliciano Silva, 11 anos, a expectativa do que ela espera aliada com a alegria do dia a dia motivaram a sua criatividade em expor no papel o seu pensamento. “Foi uma experiência ótima porque eu consegui desenhar um motivo diferente, com sentimentos que a gente sente, e eu fiz alegria no papel. Eu desenhei um paraíso e, nesse paraíso, eu pensei que um dia bom poderia vir pela frente. Esse paraíso seria todo alegre, bondoso, e cheio de solidariedade. Aqui na LBV aprendo sobre respeito, bondade e solidariedade e isso é a base de uma família unida.”

Bruno Scartazzini agradeceu a oportunidade de compartilhar o seu conhecimento com as crianças da Instituição e a homenagem que recebeu pelo Dia do Artista. “Eu adorei! Eu gosto de participar, gosto de ter contato com gente que quer conhecer, aprender, gosto de gente curiosa, então, quando a LBV traz essa oportunidade para mim, eu só tenho a agradecer. Fico muito animado e lisonjeado [com essa homenagem], eu nem esperava. A gente vem com uma ação e depois tem um retorno, uma gratificação dessa, fico sem palavras. A instituição está de parabéns, fazendo uma ação social de alta qualidade, tudo pode ser criado aqui, daqui pode sair muita coisa rica. Essa atitude [da LBV] só tem a crescer e a agregar na sociedade.”

Construção de valores para uma sociedade melhor

Segundo a gestora social da LBV, Eldilene Gonçalves da Silva, “a LBV se preocupa com a formação do cidadão como um todo. Comemorar o Dia do Artista, trazendo um profissional para que ele traga sua vivência, auxilia muito no desenvolvimento intelectual e emocional das crianças e vai ao encontro da proposta da instituição com a Pedagogia da Boa Vontade trabalhada com as crianças: a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico [preconizadas por Paiva Netto] que busca o desenvolvimento integral do ser humano”, ressaltou.

Infância feliz e segura

Em seu Centro Comunitário de Assistência Social, a LBV promove gratuitamente, há mais de 13 anos, atividades com mais de 200 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, no programa Criança: Futuro no Presente! Eles recebem, diariamente, todo o atendimento necessário, como alimentação balanceada, participam de oficinas lúdicas e educativas, além de esporte, música, artes e toda atenção e carinho de uma equipe multidisciplinar, formada por educadores sociais, psicólogo, nutricionista, assistencial social e pedagogos.

Visite, apaixone-se e ajude a LBV! O Centro Comunitário de Assistência Social está localizado na quadra 915 Sul, Asa Sul, Brasília/DF. Informações: (61) 3410-6015

Artista Plástico_Bruno Scartazzini__crédito Paulo Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *