São Paulo: Praia Grande vai contar com mais uma companhia da Polícia Militar

Com a medida, a Cidade receberá um aumento no efetivo

Nos próximos meses, Praia Grande contará com mais uma companhia da Polícia Militar. A medida foi anunciada pelo prefeito da Cidade, Alberto Mourão, na noite de segunda-feira (8), durante a solenidade de formatura da 5ª turma do curso preparatório para Guarda Civil Municipal (GCM), realizada no Palácio das Artes. A medida já foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 28 e possibilitará o aumento do efetivo na Cidade.

O local escolhido para instalar a companhia é o prédio que atualmente abriga o 45º Batalhão de Polícia Militar, na Rua Guimarães Rosa, no Bairro Ocian, já que em breve o batalhão passará a ocupar um novo prédio na entrada da Cidade.

A notícia foi comemorada pelo prefeito, que afirmou que a expectativa é de que o efetivo da Polícia Militar fique em torno dos 520 policiais. “Para nós, esse é um momento importante. Queremos dar estrutura a todas as polícias para que exerçam seu trabalho da melhor forma e possamos baixar ainda mais os índices criminais”.

De acordo com o secretário de Assuntos de Segurança Pública de Praia Grande, Maurício Vieira Izumi, a criação de mais uma companhia na Cidade vem ao encontro de antigas reivindicações da população por mais segurança e de inúmeras solicitações do prefeito Alberto Mourão ao Governo do Estado, diante do expressivo crescimento populacional do Município. “Praia Grande tem crescido muito ao longo dos últimos anos. A instalação de mais uma companhia será um importante reforço”.

Izumi explicou ainda que a edificação abrigará também a Equipe Tática da Guarda Civil Municipal (GCM), Romu (Rondas Ostensivas Municipais) e Romo (Rondas Ostensivas com Motos). “Assim, vamos conseguir readequar as dependências da sede da GCM, no Bairro Quietude”, frisou o secretário.

Guarda Civil – Os 81 novos guardas civis municipais deverão começar a atuar pelas ruas da Cidade ainda no final do mês de outubro, quando será finalizada a etapa de apresentação de documentação para posse no cargo.

O concurso foi composto por prova objetiva, avaliação antropométrica e de aptidão física, avaliação psicológica para uso e porte de arma e curso de formação. Esta última etapa durou mais de cinco meses, com 920 horas aulas de conteúdo teórico e prático.

Entre as atribuições do guarda civil municipal de 4ª Classe estão, por exemplo, a execução de tarefas de patrulhamento, inspeção, vigilância, guarda e proteção das instalações, serviços e bens municipais; prestar colaboração, quando se justificar, a outras entidades públicas como polícias Militar e Civil e órgão de Defesa Civil; além de dar suporte às atividades do Conselho Municipal de Defesa Civil (COMDEC), atuar na aplicação de primeiros socorros, na fiscalização de trânsito, no monitoramento de sistema eletrônico de alarmes; dirigir e operar viaturas, veículos especiais e náuticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *