Efraim Filho: A Paraiba deverá imunizar cerca de 115 mil pessoas contra o Covid-19

“O primeiro lote de vacinas contra o cornavírus deve chegar à João Pessoa no final da tarde desta segunda-feira (18). A previsão é que 54.689 pessoas que formam o 1o grupo, comecem o programa de vacinação nesta semana”. A declaração é do deputado Efraim Filho (DEM/PB). Ele disse ainda que a previsão é de 114.880 mil doses neste primeiro momento.

De acordo com o deputado deverão ser vacinadas neste primeiro momento 1.212 pessoas com mais de 60 anos, que vivem em instituições permanentes, ou abrigos, 120 pessoas com deficiência que também moram em instituições para tratamento e a população que vive em terras indígenas são 10.432 pessoas. “A este somam 42.925 mil trabalhadores da saúde – que representam 35% – e no total, segundo o Ministério da Saúde, 54.689 pessoas deverão ser imunizadas nesta primeira remessa, que terá 5.502 doses a mais para suprir alguma perda técnica”. Explicou Efraim

Ainda segundo o congressista o o governador João Azevedo e osecretario de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, se comprometeram distribuir as vacinas em até 24 horas após o recebimento das vacinas em João pessoa, para todas as cidades da Paraíba. “O Estado tem 223 municípios que deverão receber as doses e para isso o governo deverá mobilizar toda estrutura de imunização existente.

Isso representa hoje uma central estadual localizada em João pessoa e 12 centrais regionais sendo que cada uma dessas regionais tem capacidade para armazenar imultaneamente 35.000 doses de vacina.” Relatou Efraim Filho. Ele disse também que cada município vai receber uma quantidade proporcional a quantidade de pessoas que fazem parte do grupo prioritário em toda Paraíba.

O cronograma de vacinação está dividido em quatro fases. A estrutura para o início da vacinação está sendo montada em 65 ginásios e mais seis ou sete pontos de drive-thru onde as pessoas serão vacinadas dentro dos veículos e o atendimento os pacientes acamados serão atendidos em casa lares de permanência ou em hospitais.
Para fazer o controle, segundo o Ministério da Saúde, é importante informar o número do CPF ou apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou cartão do SUS.

O governo da Paraíba pretende vacinar em 2021 pouco mais de 1,2 milhão de paraibanos contra o COVID-19. “Cada dose aplicada será registrada na carteira digital de vacinação do usuário, identificado por meio do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde”. Destacou Efraim Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *