SES disponibiliza painel de acompanhamento de distribuição de vacinas

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) disponibilizou, nesta sexta-feira (29), um painel de acompanhamento de distribuição das vacinas contra a Covid-19 na Paraíba. O intuito é que a população possa acompanhar o quantitativo que cada município recebe separado por grupo prioritário. A plataforma pode ser acessada no site do Governo do Estado específico para a vacinação.

Também está disponível no ambiente virtual a informação sobre a aplicação das doses. A SES reforça a importância dos municípios notificarem a aplicação das doses no SI-PNI. Segundo dados do sistema oficial de acompanhamento, até as 13h desta sexta-feira (29), 62 municípios já alimentaram mais de 80% das doses aplicadas no sistema oficial Programa Nacional de Imunização (PNI); 11 ainda não registraram aplicação da vacina.

De acordo com a chefe do Núcleo de Imunizações da SES, Isiane Queiroga, o SI-PNI é o mesmo sistema que os municípios já utilizavam, porém com uma cara nova. Ela explica que a diferença do módulo Covid-19 é que o registro é nominal, mas que os municípios precisam manter a mesma rotina de alimentação do sistema para campanhas de vacina que é a notificação diária.

“O que muda agora é que não mais notificar só as doses aplicadas de quantidades, mas em quem estão sendo aplicadas essas doses. A gente está identificando, por meio do monitoramento, que tem municípios que ainda não informaram nenhuma dose. Outros que já receberam várias doses e registraram no sistema apenas uma. Percebemos que não é dificuldade de acesso ao sistema, e sim dificuldade do registro da informação”, pontua.

Isiane Queiroga reforça que a equipe técnica do Núcleo de Imunização fez a qualificação dos 223 municípios entre os dias 11 e 19 de janeiro de 2019. A secretaria também fez o cadastramento desses municípios no sistema SCPA, que abre o SI-PNI, habilitando-os para o registro. Ela pontua que todos eles já estão aptos a utilizar o sistema com a alimentação dos dados e pede a intensificação dos registros diários.

“Temos 11 municípios que não inseriram dose alguma no sistema. Para estes estamos ligando, fazendo agendamento por vídeo e oficializando com a data de hoje para acompanhar a situação. O nosso objetivo é acompanhar esses territórios e saber a problemática apresentada por eles, qual o motivo de ainda não terem alimentado o sistema oficial com essas informações e se estão com alguma dificuldade técnica para operacionalizar o sistema”, destaca.

Sobre o envio da segunda dose para os municípios, Isiane afirma que ele é baseado na quantidade de recebimento da primeira dose. “Porém, nós cobraremos aos municípios mediante a distribuição. Se eu tenho 100 doses distribuídas, eu quero 100 doses aplicadas no sistema. Sabendo que as primeiras foram monodoses e que a gente está falando de uma campanha de vacinação em que a equipe vai ao serviço e faz a vacina lá, provavelmente a gente não tem perdas de doses. Então a quantidade de doses recebidas tem que ser bem próxima das doses aplicadas”, completa.

Até o momento, foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 31.342 doses na Paraíba. O link para acompanhar o painel de distribuição e as doses aplicadas é o https://paraiba.pb.gov.br/diretas/saude/coronavirus/painel-de-vacinacao.

Por Assessoria – Foto: Arquivo/Divulgação

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *