PICs e Cafes abrem inscrições para cursos

Interessados devem procurar as unidades para conhecer cronograma

De forma responsável e com os protocolos de segurança e saúde seguidos à risca, as unidades do Programa de Integração e Cidadania (PIC) e do Centro de Apoio à Família do Educando (Cafe) retomam as atividades na próxima semana. As inscrições estão abertas para os maiores de 18 anos. Os que têm entre 7 e 17 anos poderão se inscrever a partir do dia 8 de março.

As atividades disponíveis são voltadas ao condicionamento físico, como caratê, balé, ginástica artística, teatro musical, tênis de mesa, futsal e diversas modalidades de dança.

Para os maiores de 18 anos, as aulas começam na próxima segunda-feira (22). Já para os mais novos, as aulas têm início no dia 15 de março.

Cada unidade tem um cronograma de atividades e horários e a oferta das vagas será feita na ordem de inscrições e de acordo com a disposição e capacidade de cada unidade.
Os interessados devem procurar as unidades próximas de suas casas, levando original e cópia de RG, comprovante de residência e cartão da Usafa. Os menores de idade devem ser acompanhados por um responsável e apresentar declaração de escolaridade.

Confira os endereços das unidades onde as aulas estão disponíveis

Cafe Sérgio Mainente (Rua Ana Pereira de França, nº 295, Bairro Esmeralda. Telefone 3496-5070);
PIC Vila Alice (Rua Renata Agondi, nº 50, Bairro Anhanguera. Telefone 3496-5067);
PIC Quietude (Rua Milton Daniels, s/ nº, Bairro Quietude. Telefone 3496-5063);
PIC Sítio do Campo (Dentro do Parque da Cidade – Rua José Bonifácio, s/nº, ao lado do Terminal Rodoviário Tude Bastos. Telefone 3496-5065);
Cafe Vila Sônia (Rua João Andrade de Jesus, s/ nº, Bairro Vila Sônia. Telefone 3496-5066);
PIC Melvi (Rua Heleny Rosa, nº 114, Bairro Melvi. Telefone 3594-5056);
PIC Real (Avenida Presidente Kennedy, nº 17.483, Bairro Real. Telefone 3473-6623).

Serviço – Os PICs e Cafes foram criados pela Secretaria de Assistência Social (Seas) em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande (FSS) e têm como principal objetivo ser um espaço aberto à convivência, ao diálogo e entrosamento familiar. Centenas de pessoas já mudaram de vida com as aulas de geração de renda, atividades esportivas, culturais e de lazer gratuitas para todas as idades. Atualmente, são sete unidades instaladas no Município.

Com Informações de Assessoria –  Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *