Cachorro quente: variações no Brasil fogem do tradicional pão com salsicha

Presente em celebrações e comum no dia a dia, iguaria tem preferência nacional e conta com uma data festiva, 9 de setembro

Prato muito conhecido no mundo todo, e de criação atribuída aos Estados Unidos há mais de 130 anos, o hot dog foi incorporado ao cardápio brasileiro e ganhou, ao longo do tempo, diferentes receitas em praticamente todos os estados do país. O básico está presente em todas as receitas: pão e salsicha, mas a cultura das localidades adicionou outros ingredientes às variações da iguaria que no Brasil ganhou como data comemorativa o dia 9 de setembro.

Confira algumas das variedades existentes de cachorro quente no Brasil, nome mais popular do hot dog:

Cachorro quente Paulistano:

Na capital paulista a versão típica do cachorro quente tem no purê de batatas o seu diferencial, sendo complementado por mostarda, ketchup, maionese e batata-palha.

Cachorro quente Paraense:

Na versão típica, o molho do cachorro quente dos paraenses é feito com tucupi (líquido extraído da mandioca) e folhas de jambu. Acrescentam ainda vinagrete e repolho picadinho por cima.

Cachorro quente Paraibano:

O sanduíche leva salsicha, uma porção de carne moída bem temperada, molho vinagrete, ovos de codorna, azeitonas, coentro e queijo de coalho ralado.

Cachorro quente de Blumenau:

Na terra do Oktoberfest, é comum encontrar o lanche feito no pão francês, recheado com chucrute (uma espécie de repolho cortado em tiras fininhas e fermentado em salmoura), molho de tomate e mostarda escura.

Cachorro quente Carioca:

O cachorro quente tem o acréscimo de alguns ingredientes, como ovo de codorna, molho vinagrete, queijo parmesão ralado, azeitona, batata palha e também de uva-passa.

Cachorro quente Brasiliense:

No Distrito Federal, o sanduíche leva pasta de alho, molho, milho, batata-palha, vinagrete, bacon e um tempero picante. Alguns “dogueiros” preparam a salsicha na chapa, com queijo.

As diferentes versões do cachorro quente provam a sua versatilidade, e seja qual for a sua favorita, os ingredientes estarão em oferta no festival do Hot Dog para os “doqueiros” fazerem a festa no dia 9 de setembro. Basta conferir, de modo virtual, pelo site www.fortatacadista.com.br/ofertas.

Onde encontrar – O Fort Atacadista, rede de atacarejo do Grupo Pereira, possui três lojas no Distrito Federal, cumpre todas as medidas de prevenção contra o Coronavírus e funciona nos seguintes endereços:

– SOL NASCENTE | DF | Quadra QNP 27 Área Especial 01 S/N

– TAGUATINGA | DF | FORT ATACADISTA 138

SDE Setor M Norte Qd. 1 Cj. A Lt. 1 – Av. Hélio Prates com M Norte | Taguatinga Norte

– CEILÂNDIA | DF | FORT ATACADISTA 75

CNN 1 S/N | Centro

 

Sobre o Grupo Pereira – Fundado em 1962, na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, o Grupo Pereira atua no varejo e no atacado com as bandeiras Comper, Fort Atacadista, Bate Forte e SempreFort. São mais de 15 mil funcionários e 780 representantes comerciais autônomos nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Atualmente, a companhia tem 89 unidades de negócio, sendo 28 lojas do Comper (rede de supermercados), 45 lojas do Fort Atacadista (atacarejo), sete filiais do Atacado Bate Forte (atacadista de distribuição), oito lojas SempreFort (varejo farmacêutico) e um posto de combustível. O GP também é proprietário do braço de serviços financeiros Vuon, lançado em 2019, que inclui o private label Vuon Card, que já conta com mais de 450 mil cartões emitidos, além de seguros e assistência odontológica.

Com a missão de oferecer uma experiência de compra positiva, por meio de excelência no relacionamento com clientes, fornecedores e funcionários, o Grupo Pereira colabora com a sociedade e com as comunidades do entorno por meio de programas de sustentabilidade e responsabilidade social.

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *