Quinta, 22 de Fevereiro de 2024 09:16
(61) 99213-8686
Saúde Goiás

Vacinação contra a dengue começa na quinta (15/02)

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás recebeu 72.818 doses da vacina. Com 14.439 casos e 6 óbitos confirmados, doença preocupa autoridades sanitárias

10/02/2024 13h55
28
Por: Redação Fonte: Secom Goiás
Vacina Qdenga chega a Goiás e 51 municípios iniciarão a vacinação na próxima quinta-feira (15/02) (Foto: Iron Braz)
Vacina Qdenga chega a Goiás e 51 municípios iniciarão a vacinação na próxima quinta-feira (15/02) (Foto: Iron Braz)

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás recebeu 72.818 doses da vacina contra a dengue (Qdenga) na última quinta-feira (08/02) e conclui a distribuição para as regionais de todas as doses na sexta-feira (09/02). Seguindo orientação do Ministério da Saúde, neste primeiro momento, serão atendidos 51 municípios goianos das regionais Central (26) e Centro-Sul (25).

A vacinação contra a dengue começa nos 51 municípios a partir da próxima quinta-feira (15/02).

A faixa etária, que originalmente foi definida de 10 a 14 anos, está restringida, neste momento, para 10 e 11 anos, em função do quantitativo reduzido de doses recebidas pelo Ministério da Saúde.

O subsecretário de Vigilância e Atenção Integral à Saúde da SES-GO, Luciano de Moura Carvalho, reforça que, mesmo com a chegada das vacinas, os cuidados não devem parar.

“Todas as novas estratégias são bem-vindas. É uma alegria receber as primeiras doses, mas precisamos ter em mente que o resultado da vacina é a médio e longo prazo, então não podemos descuidar das medidas de controle do vetor.”

Goiás registra atualmente 14.439 casos confirmados, mais de 36 mil notificados e 6 óbitos confirmados. Luciano de Moura reforça a importância do envolvimento da população no combate ao mosquito vetor da doença.

“É imprescindível, neste momento, um esforço para eliminar os criadouros do mosquito e,ao sentir os primeiros sintomas, iniciar hidratação imediatamente e procurar atendimento médico.”

Estratégia de vacinação contra a dengue

A estratégia definida em conjunto com secretários municipais de saúde, a SES e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Goiás (Cosems) é que os 51 municípios iniciem ao mesmo tempo a vacinação, para que não ocorra migração de pessoas de uma cidade para outra em busca da imunização.

Além disso, alguns municípios ainda estão finalizando a capacitação das equipes para receber e utilizar a vacina. A Secretaria de Estado da Saúde espera receber mais 36 mil doses na próxima quarta-feira (14/02).

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, todas as decisões foram tomadas em conjunto.

“Todas esses critérios foram elencados pelos municípios, discutidos e colocados em votação. Foi tudo consensual para que começássemos na quinta-feira. Inclusive muitos iniciarão a vacinação em escolas, que é uma orientação do Ministério da Saúde porque essa faixa etária está na escola e lá é possível acompanhar e dar seguimento à imunização, que tem duas doses.”

Restrições

A recomendação é que gestantes, idosos e imunodeprimidos não devem tomar a vacina. Além disso, quem teve dengue há menos de seis meses também não deve se imunizar. O ideal, nesse caso, é esperar o prazo de seis meses para só depois procurar uma sala de vacina.

Saiba mais

Goiás declara situação de emergência por causa da dengue

Secretaria da Saúde – Governo de Goiás

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias