Segunda, 27 de Maio de 2024 19:01
(61) 99213-8686
Dólar comercial R$ 5,17 0.11%
Euro R$ 5,62 +0.143%
Peso Argentino R$ 0,01 -0.196%
Bitcoin R$ 381.675,48 +1.118%
Bovespa 124.495,68 pontos +0.15%
Geral Paraíba

Clementino Fraga apresenta ações de combate e controle de infecções hospitalares em evento da Anvisa

As ações adotadas pelo Complexo de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga – unidade pertencente à rede estadual de saúde – para controle d...

16/05/2024 21h26
Por: Redação Fonte: Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba
Foto: Reprodução/Secom Paraíba

As ações adotadas pelo Complexo de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga – unidade pertencente à rede estadual de saúde – para controle de infecção hospitalar foram apresentadas, nesta quinta-feira (16), pela manhã, durante Webinar do Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares 2024, com o tema “Como os gestores dos serviços de saúde podem contribuir para a prevenção das infecções?”.

O evento foi realizado pela Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa), em alusão ao Dia Nacional do Controle das Infecções Hospitalares, que tem como data o dia 15 de maio, com o objetivo de conscientizar sobre a importância do controle das infecções. Na ocasião, a Anvisa lançou a campanha “Eu também contribuo para a prevenção e o controle das infecções!”. A ação pretende envolver todos os profissionais que atuam nos serviços de saúde, pacientes, familiares e gestores de saúde na adesão às ações de prevenção e controle das infecções.

O webinar foi um evento gratuito, que contou com a participação de profissionais de saúde de todo país. Entre os palestrantes - gestores de serviços de saúde pública de vários estados - o diretor geral do Clementino, Gilberto Teodozio, destacou as ações que vêm sendo adotadas na unidade de referência estadual no diagnóstico e tratamento de HIV/Aids, Hepatites Virais, Hanseníase e Tuberculose, com 22 especialidades para atender aos usuários do hospital.

“Temos um Serviço de Controle de Infecção Hospitalar e um Núcleo de Segurança do paciente ativos, que realizam um trabalho dedicado. Somos referência no que fazemos e estamos aqui também para contribuir com nossa experiência exitosa para outros hospitais que queiram conhecer como trabalhamos em prol do usuário como um ser integral. Nós temos uma média de 25 atendimentos mensais, entre exames, consultas e internações. E todo o trabalho está interligado. Quando melhoramos a questão alimentar, o bem-estar, a humanização dos pacientes e quando fazemos capacitações constantes e continuadas para nossos profissionais, estamos vendo o hospital como um todo e isso também é combater as infecções hospitalares”, disse.

Infecção Hospitalar é a infecção adquirida após a admissão do paciente na unidade hospitalar e pode se manifestar durante a internação ou após a alta. Pela sua gravidade e aumento do tempo de internação do paciente, é causa importante de morbidade e mortalidade, caracterizando-se como problema de saúde pública.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias